Portal de Aquidauana

Seja bem vindo,

Cota��o
Aquidauana

Espancado com pedras e blocos de concreto, homem cai e morre

Publicado em 13/10/2019 Editoria: Polcia


Foto: Divulgao/JP News

Foto: Divulgao/JP News

O suspeito pelo crime, Willian Ferraz da Silva, de 21 anos, e a mulher Cynthia Lauany de Amorim foram levados para a delegacia
 
Um homem de 39 anos, identificado como Adriano Inácio da Silva, foi espancado com pedradas e golpes de concreto, caiu da escada do e morreu no sábado (12) no Condomínio Residencial Tucano, em Três Lagoas. O suspeito pelo crime, Willian Ferraz da Silva, de 21 anos, e a mulher dele Cynthia Lauany de Amorim foram presos pelo assassinato. O motivo do crime ainda não foi informado.
 
Conforme as informações do boletim de ocorrência, por volta das 6h policiais foram chamados para ir até um dos apartamentos do residencial. Quando chegaram ao local, viram o corpo de Adriano no pátio próximo a escadaria. Os policiais seguiram a trilha de sangue deixada pela vítima e acabaram na porta do apartamento onde Willian e Cynthia moram.
 
Willian foi levado para a delegacia sob suspeita e não esboçou nenhuma reação durante o percurso. Enquanto isso, policiais e peritos fizeram vistoria no apartamento dele, onde encontraram móveis quebrados, objetos sujos de sangue e outros indícios de que ali ocorreu uma briga. Eles perceberam ainda que tentaram fazer uma limpeza no local.
 
Testemunhas informaram à polícia que havia ocorrido uma briga naquele apartamento, mas não souberam contar o motivo.
 
Pedras e pedaços de concreto foram recolhidos pelos peritos e serão analisados. O corpo foi encaminhado para o Instituto Médico Legal. Willian já era conhecido no meio policial. Segundo o JP News, Willian Ferraz da Silva já cumpriu pena por tráfico de drogas entre 2016 e 2018. Ele chegou a fugir do presídio em 2017, mas foi recapturado pela PM.
 
Ele e Cynthia foram levados para a delegacia e devem responder por homicídio qualificado com emprego de tortura.


› FONTE: Campo Grande News