Portal de Aquidauana

Seja bem vindo,

Cota��o
Aquidauana

Rio Aquidauana sobe com lentidão, mas já alaga o baixadão

Publicado em 21/01/2021 Editoria: Cidade


Ao final da tarde desta quinta-feira, 21, a Defesa Civil Municipal averiguou que o rio Aquidauana continua subindo lentamente e seu nível está em 7 metros.
 
Em Aquidauana, nas últimas 48 horas caíram pouco mais de 50 milímetros de chuva. Já na ‘cabeceira’ do Rio Aquidauana, no município de Corguinho, o rio está dentro do nível, sem alterações.
 
Mesmo com o rio Aquidauana subindo lentamente, a Prefeitura de Aquidauana já está mobilizada para atender às famílias ribeirinhas, num trabalho conjunto com o 1º Subgrupamento do Corpo de Bombeiros, 9º Batalhão de Engenharia e Combate, 7º Batalhão da Polícia Militar e a Paróquia Nossa Senhora da Imaculada Conceição.
 
A Defesa Civil Municipal junto com as secretarias municipais de Assistência Social, Obras, Planejamento e Saúde já estão organizaram e montaram a estrutura de atendimento às famílias que porventura ficarem desalojadas, caso as águas do rio Aquidauana continuarem subindo.
 
ABRIGOS – Dois abrigos estão montados para atender as famílias ribeirinhas. O abrigo 01 que é no Salão Paroquial da Igreja Nossa Senhora da Imaculada Conceição e 02 que é no salão da Igreja Nossa Senhora do Perpétuo Socorro.
 
TELEFONE DE EMERGÊNCIA – Nessa situação de alerta com a subida do nível do rio Aquidauana, as famílias ribeirinhas que precisarem de atendimento e socorro para mudança para os abrigos e/ou casa de parentes devem ligar para o telefone: 193 (Bombeiros), com atendimento 24 horas por dia.
 
Conforme fluxograma de atendimento acordado com a Prefeitura de Aquidauana, após a família ligar no 193, será coletados os dados e endereço; o Corpo de Bombeiros irá acionar a Secretaria Municipal de Obras e Exército, que entrarão em ação com servidores e caminhões; já a Secretaria de Assistência Social com suas equipes nos abrigos receberão as famílias e, também, estarão com o Plantão Social à disposição para atendimentos aos ribeirinhos.
 
A Secretaria Municipal de Saúde e Saneamento também estará com equipe prestando atendimento às famílias nos abrigos e, auxiliando, na orientação sobre prevenção à Covid-19. Além disso, quando as águas baixam e as casas retornam a normalidade, a equipe de saúde do Controle de Vetores e Vigilância Sanitária fazem a vistoria para eles poderem voltar em segurança para seus lares. 
 
SITUAÇÃO ATUAL – Com o nível do rio Aquidauana no fim de hoje, marcando 7 metros, uma família já precisou ser removida de sua residência e optaram em não ir para os abrigos e ficaram na casa de parentes. A Defesa Civil Municipal segue monitorando o nível do rio e vistoriando as ruas e os pontos de alagamento de enchentes anteriores, como, por exemplo, a região do Parque Pirizal e Campo do Baixadão.  
 


› FONTE: Com informações Agecom