Portal de Aquidauana

Seja bem vindo,

Cota��o
Aquidauana

Casal que morreu após bater carro em caminhão morava em Corumbá

Publicado em 23/01/2022 Editoria: Trânsito


Dora Alves Androlage e Fábio Galvani, ambos de 52 anos, estavam a caminho de Campo Grande
 
Foram identificados como Dora Alves Androlage e Fábio Galvani, ambos de 52 anos, as vítimas que morreram em um grave acidente nesta tarde (22), na BR-262 entre os municípios de Aquidauana e Miranda.
 
De acordo com o portal Diário Corumbaense, Dora e Fábio eram casados e moravam em Corumbá. O casal seguia viagem do município para a Capital em um Toyota Corolla.
 
A  suspeita da polícia é de que o motorista saiu da pista ao desviar de um caminhão. Ao retornar para a via ele acabou colidindo a lateral do veículo em um caminhão tanque. As vítimas morreram na hora e o Corpo de Bombeiros levou cerca de 1h30 para conseguir retirar o corpo do casal das ferragens.
 
Já motorista do caminhão não teria sofrido ferimentos graves. Ainda conforme o site local, Dora era funcionária de uma clínica odontológica em Corumbá. Em rede social, colegas de trabalho a descreveram como "pessoa imensamente querida, autêntica, atenciosa e afetuosa e que deixará um legado e histórico repleto de luminosas lembranças".
 
Os corpos dela e do marido já passaram por necropsia em Miranda e foram liberados para o translado. O corpo de Dora Androlage virá para Corumbá e o de Fábio, será levado para Jundiaí, onde vivem seus familiares.
 
Fábio era presidente da União Espírita Corumbaense Lar de Ismael, que postou uma nota de pesar pelo falecimento. “Fábio, nós agradecemos seu carinho e dedicação, a sua escuta, seu olhar amigo, sua fala tranquila e sua força brilhante! Sabemos que a equipe do Dr Bezerra de Menezes está amparando você e sua esposa… que os Espíritos de Luz os guiem para o nosso verdadeiro Lar”, diz a postagem.

O Instituto de odontologia Omar, onde a mulher travalhava, também prestou solidariedade para Dora. “Depositamos uma grande estima e afeto pela Dora, uma pessoa imensamente querida, autêntica ,atenciosa e afetuosa e que deixará um legado e histórico repleto de luminosas lembranças”, traz o texto. 

“É difícil de acreditar. Dorinha, nunca mais verei aquele sorriso tão alegre. Meus sentimentos, familiares e amigos”, comentou uma amiga na postagem. 

 



› FONTE: Com informações