Portal de Aquidauana

Seja bem vindo,

Cota��o
Aquidauana

Desacerto comercial pode ter levado empresário à morte, diz polícia

Publicado em 27/05/2022 Editoria: Polícia


Crime ocorreu nesta manhã; motociclista que passava pelo local morreu ao ser atingido por bala perdida
 
O empresário Luiz da Conceição Thierri, de 36 anos, pode ter sido morto após desacerto comercial, segundo os levantamentos iniciais da Polícia Civil. Na manhã desta sexta-feira (27), Luiz foi alvo de um atirador quando chegava em seu lava-jato, na Avenida das Bandeiras, em Campo Grande. Um eletricista passava de moto no momento e morreu ao ser atingido por uma bala perdida.
 
O delegado que ficará à frente do caso, Rodolfo Daltro, da 5ª Delegacia de Polícia Civil de Campo Grande, revelou ao Campo Grande News que no carro de Luiz, foram encontrados cartões pessoais de oferta de empréstimo. "Que ele emprestava dinheiro a juros é certo e pode ser sim uma das motivações."
 
Além disso, Daltro disse que Luiz locava carros de terceiros e sublocava para motoristas de aplicativo. "É mais uma das linhas de investigação, um desacerto comercial", ponderou Rodolfo Daltro. A família da vítima informou que desconhecia qualquer ameaça ou desentendimento.
 
 
Execução e bala perdida - Luiz da Conceição é dono de um lava-jato e foi assassinado com tiro na cabeça na manhã desta sexta-feira (27), quando chegava para trabalhar na Avenida das Bandeiras, com a Rua Bom Sucesso, Jardim Jockey Club, em Campo Grande.
 
Próximo dali, a 60 metros de distância, um motociclista também foi encontrado morto. Adriano Medeiros Pereira, de 33 anos, era eletricista e passava no local no momento, quando foi atingido por uma bala perdida, conforme a polícia.
 
Moto caída e bombeiros atendendo Adriano, que foi atingido por bala perdida. (Foto: Henrique Kawaminami)
Testemunhas contaram ao Campo Grande News que o atirador aguardava a chegada do empresário em uma moto junto com um comparsa. A polícia aprendeu dentro do lava-jato uma pistola 380, sem registro.
 
Quem é a vítima da bala perdida? - Adriano Medeiros Pereira, de 33 anos, estava uniformizado e seguia para o trabalho pela Avenida das Bandeiras, quando foi atingido por uma bala perdida na região do tórax. Os bombeiros foram acionados, mas ele não resistiu e morreu.
 
Crime filmado por câmeras - O crime foi registrado por câmeras de segurança. As imagens obtidas pelo Campo Grande News mostram o empresário de costas mexendo no celular, um funcionário manobrando carro de um cliente e uma terceira pessoa aparentemente mexendo em uma faixa.
 
Em determinado momento, um homem de camiseta vermelha e boné aparece no vídeo. Ele efetua um disparo contra Luiz, que consegue correr em direção à Avenida das Bandeiras. A vítima é perseguida e atingida por mais tiros no meio da rua.
 
As imagens também mostram uma mulher saindo do lava-jato quando ouve os tiros. Ela seria uma funcionária e fica em desespero, chegando a correr atrás do atirador e pegar um pedaço de pau. No entanto, ao ver o autor retornando, ela entra no estabelecimento e poucos segundos depois, sai com uma arma de fogo na mão.
 
 


› FONTE: Campo Grande News