Portal de Aquidauana

Seja bem vindo,

Cota��o
Aquidauana

Envolvido em tortura e morte é preso com pistola 9 milímetros

Publicado em 02/05/2021 Editoria: Polícia


Envolvido em tortura e morte quando ainda era adolescente, Caio Guilherme Seidenfuhss Ferreira de Albuquerque, 21 anos, foi preso no fim da tarde de ontem (1º) com uma pistola 9 mm, na Rua Ilha de Marajó, no Portal Caiobá, em Campo Grande.
 
Conforme boletim de ocorrência, policiais do Batalhão de Choque faziam rondas na região, quando abordaram o motorista de um Ford Fusion em atitude suspeita. Indagado se havia algo de ilícito no carro, o rapaz disse que carregava uma pistola no porta-luvas.
 
A arma com um carregador contendo onze munições do mesmo calibre foi localizada e apreendida. À polícia, Caio Guilherme relatou que havia comprado a pistola por R$ 10 mil e andava armado porque estava sendo ameaçado de morte. 
 
Na casa dele, na Rua Armando Capriata, no Bairro Oliveira, os policiais encontraram em cima do guarda-roupa outro carregador alongado com capacidade para 31 munições.
 
O rapaz foi preso em flagrante por posse e porte irregular de arma de fogo. Na delegacia, ele teve um ataque epilético e foi socorrido para o posto de saúde do Bairro Tiradentes, onde passou por atendimento médico.
 
Morte e tortura - Caio tinha 15 anos quando foi apreendido por participar da morte de Wanderson Martins de Freitas, o "Paulista". O crime aconteceu em dezembro de 2015 no Residencial Oliveira III, em Campo Grande.
 
Segundo a polícia, na época o jovem ajudava um traficante a vender drogas em uma boca de fumo da região. No dia do crime, a vítima teria furtado duas pedras de crack e por isso foi impedida de deixar o local, amarrada e torturada, pela dupla e um terceiro envolvido.
 
Com um facão o trio esfaqueou Wanderson, que ainda foi agredido com vários socos e chutes. Caio, conforme as investigações da polícia, ainda usou uma panela de pressão para golpear a cabeça da vítima, que morreu durante a sessão de tortura. O corpo do homem foi deixado em um terreno baldio, localizado a cerca de 30 metros da boca de fumo.
 


› FONTE: Campo Grande News