Portal de Aquidauana

Seja bem vindo,

Cota��o
Aquidauana

Confira como fica o toque de recolher em cada município de MS após atualização do Prosseguir

Publicado em 12/05/2021 Editoria: Saúde


Reunião na noite de terça-feira (11) do Prosseguir (Programa de Saúde e Segurança na Economia) definiu a classificação de cada município de Mato Grosso do Sul conforme o risco de contaminação para coronavírus. Assim, o toque de recolher muda de acordo com a bandeira atribuída pela SES (Secretaria Estadual de Saúde).
 
O programa é atualizado a cada duas semanas. A última atualização ocorreu no dia 28 de abril. As novas regras serão válidas até o dia 26 de maio, quando haverá nova discussão. 
 
Conforme a SES, para definir a bandeira de cada cidade são levados em conta uma série de indicadores, entre eles disponibilidade de leitos de UTI, quantidade de equipamentos de proteção individual, contato com casos confirmados, redução da mortalidade em relação a covid-19, disponibilidade de testes, redução de novos casos, ocorrências da doença entre profissionais de saúde e incidência do vírus na população indígena, entre outros fatores.
 
Conforme o relatório, duas cidades de MS apresentam risco extremo para contaminação do coronavírus e terão toque de recolher a partir das 20h: Juti e Guia Lopes da Laguna. Por outro lado, a melhor classificação do Estado fica por conta de Nioaque, que tem classificação de bandeira amarela, que é de risco tolerável e também terá restrição de circulação de pessoas a partir das 22h.
 
Em relação ao último Prosseguir, 37 cidades permaneceram com a mesma classificação, 32 melhoraram a classificação e outras 10 tiveram piora no índice. Dessa forma, 2 estão na classificação cinza, 32 na bandeira vermelha, 44 com grau moderado laranja e apenas 1 com grau tolerável (amarelo).
 
Assim, os horários de toque de recolher funcionam da seguinte forma: bandeira cinza (20h), vermelha (21h), verde, amarela e laranja (22h).


› FONTE: Midia Max