Portal de Aquidauana

Seja bem vindo,

Cota��o
Aquidauana

Presidente da Santa Casa e liderança do MDB foram entrevistados na 100,9

Publicado em 20/09/2020 Editoria: Região


Saúde & MDB foram as pautas deste sábado (19) do programa América News Conteúdo na América FM-100,9 em Aquidauana.

Santa Casa

Um dos entrevistados foi o diretor-presidente da Santa Casa Heber Xavier, unidade de saúde das mais importantes na Capital do Estado de MS que tem quase 3.500 funcionários, gerando emprego e renda, além de oferecer atendimento médico a população.

Segundo Heber Xavier, 18 mil pessoas se envolvem com a Santa Casa de forma direta e indireta. Um dos projetos importantes em desenvolvimento tem a intenção de criar uma Faculdade de Medicina no âmbito da Santa Casa.

A Associação Beneficente Santa Casa de Campo Grande nasceu com o nome de Sociedade Beneficente de Campo Grande (SBCG) no ano de 1917 com um grupo de cidadãos preocupados com a falta de um hospital civil na cidade.

Com cerca de oito mil habitantes e crescimento exponencial, a cidade clamava por serviços de saúde e uma comissão foi criada em agosto daquele ano com a forma de encabeçar uma lista de doadores, objetivando criar uma Santa Casa de Misericórdia de Campo Grande.

Em três de junho de 1919 constituiu-se, oficialmente, uma Sociedade Beneficente de Campo Grande, que viria a ser a mantenedora do Hospital Santa Casa.

Em 1920 o então presidente, Bernardo Franco Baís, compra o espaço onde se encontra o hospital e em 1924 inicia a construção do primeiro prédio com 40 leitos, uma sala de cirurgia e demais dependências. O mesmo entrou em funcionamento em dezembro de 1928.

A Santa Casa de Campo Grande aos 103 anos é o maior complexo hospitalar do Estado de Mato Grosso do Sul, a terceira do Brasil e a quarta da América Latina.

Ao final da entrevista Héber Xavier enfatizou a necessidade de se manter as ações de prevenção para se evitar o contágio pelo Coronavírus  o que está promovendo a superlotação dos hospitais.

MDB

Disputa interna impediu MDB de indicar vice de Odilon Ribeiro

Durante o programa Fauzi Suleiman (MDB) também foi entrevistado, iniciando com explicações a respeito de não se manter a dobradinha Odilon Ribeiro (PSDB) & Selma Suleiman (MDB).

Fauzi explicou que Selma registrou candidatura a deputada federal na eleição passada e depois renunciou e por omissão do partido, não houve prestação de contas de campanha, isso levou a uma sanção de inegibilidade por 4 anos.

Neste caso o MDB decidiu em convenção a coligação com o PSDB mesmo não indicando o vice.

Na entrevista, ele fez um breve relato do porquê desta decisão. "O MDB está regularizado desde 2015 em Aquidauana e nestes momentos os convencionais é que decidem no voto o caminho a seguir".

Na convenção houve disputa pela indicação de vice entre Paulo Reis e o vereador Yousseff Saliba. Paulo Reis venceu.

Ainda durante a convenção se votou o apoio ao PSD de Viviane Orro ou ao PSDB de Odilon Ribeiro. O apoio ao atual prefeito Odilon Ribeiro venceu por ampla maioria. O nome de Paulo Reis não foi acatado pelo PSDB que escolheu como vice o empresário Joaquim Passos (PP).

Há uma tentativa de recurso junto ao MDB para se mudar a decisão da legenda, inclusive, com proposta da candidata do PSD Viviane Orro para substituir o vice Raimundo Pinheiro indicado pelo PSD em chapa pura, pelo nome de Paulo Reis (MDB). A proposta não foi aceita pelo MDB.

Quanto ao Saliba, Fauzi Suleiman entende que ele tem vaga garantida como candidato a vereador no MDB, o que deve ser consolidado nos próximos dias. "Tudo deve se encaminhar bem", avaliou Fauzi Suleiman.

A entrevista está disponivel em rede social - copie o link abaixo e cole na sua barra de endereço.

https://www.facebook.com/wilsonde.carvalho.9/videos/10157936361368138/