Portal de Aquidauana

Seja bem vindo,

Cota��o
Aquidauana

Produtora da novela Pantanal fala sobre dificuldades das gravações em MS

Publicado em 23/01/2022 Editoria: Arte e Cultura


"Logística é mais complicada", afirma produtora da trama
 
Quem disse que seria fácil realizar tantas gravações externas na natureza incontrolável do pantanal sul-mato-grossense? Ninguém. Assim como em 1990, quando a equipe da TV Manchete esteve em Mato Grosso do Sul gravando a novela "Pantanal", a TV Globo, que veio até MS pelo mesmo motivo, também enfrentou seus percalços para conseguir filmar a trama no bioma.
 
A tecnologia avançada nos mais de 30 anos que separam a obra da Manchete do folhetim da Globo não foi suficiente para impedir, mas com certeza minimizou os desafios de filmar na região.
 
A maior parte das cenas do remake é no próprio Pantanal, em Aquidauana,  Mato Grosso do Sul. Estar longe de tudo, do controle dos estúdios, seja para iluminação, captação de áudio e ausência de interferências externas, não foram os únicos desafios para produção da obra.
 
Em entrevista ao GShow, a produtora da novela, Luciana Monteiro, expôs as dificuldades que a equipe passou para gravar a trama em MS.
 
"Programamos duas viagens, uma em 2021 e outra em 2022. Elas foram pensadas em função das variações climáticas do pantanal. No período das chuvas fica bem complicado de acesso", disse ela.
 
Luciana afirma que, sim, a logística no bioma é bem mais difícil. "Lá precisamos estar atentos a detalhes que em outras gravações não nos preocupamos, como estocar combustível, produzir gelo, pensar no descarte de lixo... O lugar é lindo demais e as gravações estão acontecendo bem. A logística é que é mais complicada, mas nada disso é um impeditivo", concluiu a produtora.
 


› FONTE: Midiamax/Midiamais