Portal de Aquidauana

Seja bem vindo,

Cota��o
Aquidauana

Sem gasolina para fuga, assaltantes são presos após roubar casal

Publicado em 11/08/2019 Editoria: Polícia


O assaltante que estava dirigindo o carro durante a fuga foi preso e confessou o crime (Foto: Mirian Machado)

O assaltante que estava dirigindo o carro durante a fuga foi preso e confessou o crime (Foto: Mirian Machado)

O carro foi encontrado a seis quadras do local do roubo
 
Sem gasolina para a fuga, dois homens foram presos após roubarem um casal na noite deste sábado (10), em um ponto de ônibus no Jardim Morenão, em Campo Grande. Enquanto um dos assaltantes saiu para comprar combustível e dar continuidade a fuga, a polícia encontrou o veículo e surpreendeu o bandido a seis quadras do local do assalto.
 
Os assaltantes estavam em um Chevrolet Monza, de cor cinza. De acordo com o delegado plantonista da Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) Piratininga, Lucas Caires, a dupla parou em frente ao ponto de ônibus na rua Elvis Presley, desceu do carro e anunciou o assalto ao casal que estava no local.
 
O namorado da vítima ainda tentou resistir ao roubo, segurando a bolsa da namorada, mas um dos assaltantes estava com uma barra de ferro. Após o assalto, a vítima usou o rastreador do celular e acionou a polícia.
 
Equipes do GOI (Grupo de Operações e Investigações) iniciaram as buscas. A seis quadras do local do roubo, a polícia encontrou o carro abandonado. Uma hora depois um dos assaltantes voltou e foi surpreendido pela polícia.
 
Segundo o delegado plantonista, a gasolina do veiculo acabou, um dos bandidos foi para casa e outro foi buscar a o combustível para reabastecer.
 
O assaltante, de 23 anos, confessou o crime e informou o local onde estavam os outros comparsas, de 22 anos e um adolescente de 17 anos. O BP Choque (Batalhão de Choque) foi acionado para dar apoio a ação.
 
Antes do roubo ao casal, os assaltantes já tinham realizado outros dois roubos, de duas mochilas. Conforme o delegado plantonista, todos os assaltantes tinha passagem pela polícia. Ele ainda afirmou que já foi pedida a internação do adolescente.
 


› FONTE: Campo Grande News