Portal de Aquidauana

Seja bem vindo,

Cota��o
Aquidauana

Saúde distribui aos municípios 9,6 mil litros de inseticida e 100 Kg de larvicida

Publicado em 21/01/2020 Editoria: Saúde


A Secretaria de Estado de Saúde iniciou ontem, segunda-feira (20.01) a entrega de inseticidas e larvicidas às prefeituras para ajudar no combate à dengue, zika e chikungunya neste período de alta incidência do mosquito Aedes aegypti, vetor das doenças.
 
O secretário de Estado de Saúde, Geraldo Resende,  destacou que os produtos distribuídos serão de grande ajuda para os municípios. “O Governo do Estado tem realizado ações o ano todo para que as cidades possam combater as endemias. É importante destacar que os inseticidas são apenas uma parte da prevenção. É necessário que a população faça sua parte para a eliminação dos focos do mosquito Aedes aegypti”, disse.
 
Mato Grosso do Sul recebeu do Ministério da Saúde 9.600 litros de inseticida Malathion e 100 kg de larvicida pyriproxefen. A quantidade que cada município irá receber será baseada no número de notificações no Sistema de Agravo de Notificações (Sinan).
 
O inseticida Malathion é usado no combate o mosquito na fase adulta na forma de “fumacê”. O larvicida pyriproxefen serve para eliminar o inseto na fase larval, inibindo o desenvolvimento das características adultas do inseto.
 
A Secretaria Estadual de Saúde está em contato constante com os municípios, tanto na parte de Controle de Vetores como na assistência e vigilância epidemiológica. As ações são interligadas. São orientadas condutas como, por exemplo, colocar em ação os planos de resposta à epidemia contidos no Plano de Contingência Estadual e Municipal.
 
O Governo do Estado investiu ainda em estrutura, distribuindo equipamentos e materiais às prefeituras. Os municípios de Mato Grosso do Sul também receberam 4,5 mil uniformes, 2,6 mil bolsas de lonas totalmente equipadas, 880 máscaras, 620 macacões, 2 mil luvas ecológicas, 1 mil botinas, 4,5 mil filtros, 170 bonés, 1 milhão de sacos de lixos, 630 óculos de proteção, 1 milhão de folders, 700 faixas, 20 mil cartazes, 1,6 mil banners.
 


› FONTE: Secretaria de Estado de Saúde MS