Portal de Aquidauana

Seja bem vindo,

Cota��o
Aquidauana

PC apreende celular e carro de ex-namorado de mulher degolada

Publicado em 02/05/2021 Editoria: Polcia


Com mandados de busca e apreensão, a polícia de Batayporã, junto com a delegacia de Nova Andradina fizeram buscas na casa do ex-namorado de Fernanda Daniele de Paula Ribeiro, ex-presidente do PSL, que foi encontrada degolada em um milharal na última quinta-feira (29).
 
Os policiais foram até a casa do advogado e apreenderam o celular dele. Segundo o site Jornal da Nova, a busca está relacionada à morte de Fernanda Daniele que foi assassinada brutalmente no cascalho da MS-276, trecho que liga Nova Andradina a Batayporã. 
 
 O advogado teve um relacionamento com a vítima em setembro de 2019. Quando os policiais chegaram a casa, o advogado estava acompanhado pelo vice-presidente da 7ª Subseção OAB (Ordem dos Advogados do Brasil). Outros objetos também foram aprendidos e passarão por perícia. Também foi apreendido o veículo Ford Fusion pertencente investigado.
 
Segundo o delegado Phelipe Davanso, nem motivação política ou o crime de feminicídio são descartados pela polícia. Segundo o delegado, o crime de latrocínio foi totalmente descartado pelas investigações até pelo fato de que alguns pertences pessoais de Fernanda foram encontrados ao lado do corpo, assim como o seu carro que estava na garagem da sua casa.
 
O delegado não entrou em detalhes para não atrapalhar as investigações, mas disse que 10 pessoas já teriam sido ouvidas, entre elas, as que tiveram contato com Fernanda antes do corpo ser encontrado e também possíveis suspeitos. Os suspeitos teriam sido identificados depois de descobertas de mensagens e prints encontrados no notebook da ex-presidente do PSL, que levaram a polícia a oitivas destas pessoas, mas o conteúdo dos depoimentos não foi revelado pelo delegado.
 
Ela foi encontrada por populares, e apresentava um corte profundo no pescoço. Segundo as primeiras informações, Fernanda teria sido morta na estrada e depois arrastada para o milharal nas margens da rodovia.
 


› FONTE: Midiamax